Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://carpedien.ien.gov.br:8080/handle/ien/1823
Tipo: mastherThesis
Título: Obtenção de suportes cerâmicos de dióxido de titânio rutilo utilizados em membranas que visam ao tratamento de efluentes radioativos da indústria nuclear
Autor(es): Siciliano, Umberto Cassará de Castellammare Scott
Primeiro Orientador: Carvalho, Paulo Victor Rodrigues
Resumo: Os processos de separação por membranas (PSM) têm sido largamente utilizados para fracionar, concentrar e purificar soluções em: tratamento de resíduos industriais, indústria alimentícia, farmacêutica, dessalinização de água e energia nuclear, em razão dos PSM serem mais econômicos que métodos tradicionais de separação. O aumento da utilização de membranas conduziu à expansão da base de conhecimento de tecnologia de fabricação, resultando em membranas com alta taxa de transferência, melhoria na seletividade e a estabilidade de longo prazo. A nanofiltração é uma técnica recente, sendo um processo capaz de separar partículas na faixa de 5 a 10 Å. A demanda por altas temperaturas de operação e resistência química têm estimulado o desenvolvimento de estruturas inorgânicas, principalmente cerâmicas porosas. Estes materiais podem ser revestidos por polímeros, entretanto, a estabilidade química do componente orgânico irá limitar as aplicações. Os materiais cerâmicos possuem diversas vantagens: estabilidade química, refratariedade e estabilidade física. Apesar destas características favoráveis, estes materiais não têm sido utilizados extensivamente em aplicações de PSM devido à dificuldade em produzir estruturas porosas livre de trincas e com tamanho de poros adequado. Este trabalho visou a produção de suportes de membranas de dióxido de titânio (TiOβ), necessários para compensar a fragilidade das cerâmicas. Para esta finalidade, TiOβ de alta pureza foi utilizado como material inicial, com tamanho médio de partícula igual a 0,1γ μm. A suspensão foi preparada e a secagem foi feita em spray dryer, pois origina material seco com umidade e morfologia controladas. Os suportes foram obtidos por meio de prensagem uniaxial (1,5 kgf.cm-²) seguido de sinterização em temperaturas distintas (1050, 1100 e 1150 ºC). Os suportes foram caracterizados quanto sua porosidade, a partir de métodos como: densidade geométrica, método de Arquimedes e transmissão de raios gama. A permeação foi avaliada em um sistema de célula com deslocamento de fluxo frontal em pressões de até 5 bar. A microscopia eletrônica de varredura permitiu a investigação de modo simples e rápido da morfologia dos suportes. Os resultados mostraram que foi obtida porosidade de aproximadamente 50%, adequada para aplicações como suporte de membrana.
Palavras-chave: Membranas
Nanofiltração
Cerâmicas
Titânio
Raios gama
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Instituto de Engenharia Nuclear
Sigla da Instituição: IEN
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Engenharia Nuclear
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de pós-graduação em Ciência e Tecnologia Nucleares
Tipo de Acesso: openAccess
URI: http://carpedien.ien.gov.br:8080/handle/ien/1823
Data do documento: Fev-2017
Aparece nas coleções:Dissertações do PPGIEN

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertação mestrado ien 2017 Umberto Cassará de Castellammare Scott Siciliano.pdf10,94 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.