Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://carpedien.ien.gov.br:8080/handle/ien/1930
Tipo: mastherThesis
Título: Análise biocinética do iodo-131 e dosimetria citogenética em pacientes, após administração do radionuclídeo para o tratamento de câncer de tireóide
Autor(es): Nascimento, Ana Cristina de Holanda
Primeiro Orientador: Lipszistein, Joyce Landmann
Resumo: Pacientes apresentando câncer de tireoide, são submetidos à administração oral de iodo -131 para a eliminação de tecido tireoidiano remanescente, após a realização de tireoidectomia subtotal. A atividade média administrada para este tratamento é de 3,7 GBq (dose para ablação), ocorrendo significante irradiação dos tecidos do corpo. Contudo, existem poucas informações conclusivas na literatura especializada a respeito da dose absorvida por estes pacientes. A partir dessas informações foi dado inicio a um estudo de acompanhamento do comportamento metabólico do radioiodo no organismo de quatro pacientes, através das medidas de sua atividade no corpo inteiro, na tireoide e nas amostras de urina e sangue. Foi realizada também a estimativa da dose absorvida pelos pacientes devido à contribuição da radiação gama do radionuclídeo, através da análise de aberrações cromossômica radioinduzidas em linfócitos. Os resultados deste acompanhamento sugerem que grande parte do tecido tireoidiano remanescente é eliminado até o dia após a dose para ablação e, a partir de então, o iodo-131 encontra-se distribuído de maneira quase que uniforme pelo corpo dos pacientes. A retenção do idodo-131 no corpo, após os dez primeiros dias pode ser representada matematicamente pela soma de dois termos exponenciais: o primeiro, com uma meia-vida biológica aproximadamente igual a 3 dias (meia-vida efetiva = 2,3 dias) e o segundo, com uma meia-vida biológica aproximadamente igual a 26 dias (meia-vida efetiva = 6,2 dias). A dose absorvida estimada através da dosimetria citogenética a partir da média das frequências observadas em 3 pacientes, após a administração da dose para a ablação, variou entre, aproximadamente, 0,3 e 0,4 Gy.
Palavras-chave: Iodo -131
Câncer de tireóide
Dosimetria citogenética
Bioanálise
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Instituto de Engenharia Nuclear
Sigla da Instituição: IEN
???metadata.dc.publisher.department???: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Biologia
Tipo de Acesso: openAccess
URI: http://carpedien.ien.gov.br:8080/handle/ien/1930
Data do documento: Mar-1996
Aparece nas coleções:Aplicação de técnicas nucleares na indústria, saúde e meio ambiente - Teses e Dissertações dos Servidores do IEN

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ANA CRISTINA HOLANDA NASCIMENTO.pdf3,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador