Please use this identifier to cite or link to this item: http://carpedien.ien.gov.br:8080/handle/ien/2786
Tipo: mastherThesis
Título: Estudo do comportamento transplacentário de nanopartículas radiomarcadas com tecnécio-99 metaestável: avaliação de risco materno e comprometimento fetal
Autor(es): Pinto, Suyene Rocha
Primeiro Orientador: Santos-Oliveira, Ralph
Resumo: Seja em cosmético ou com finalidade terapêutica, o uso de nanopartículas vem aumentando e assumindo proporção global. No entanto, existem poucos estudos sobre o potencial físico de uso a longo prazo ou uso em condições especiais, como em doenças crônica, AIDS, mulheres grávidas e outras circunstâncias especiais de saúde. Neste contexto, o estudo da mutagenicidade e da passagem transplacentária representa um importante e modelo fiável para a avaliação primária de potenciais riscos para a saúde, especialmente a saúde materna e infantil. Neste estudo, realizamos avaliações de mutagenicidade, citotoxicidade e passagem transplacentária de nanopartículas de sílica mesoporosa com núcleo magnético, marcadas radioativamente com 99mTc para determinação de compostos toxicogénicos e risco potencial embrionários e fetal em modelo animal. Nanopartículas de sílica mesoporosa com núcleo magnético foram produzidas e caracterizada pela obtenção de nanopartículas de tamanho (58,9 ± 8,1 nm) em forma esférica e com núcleo magnético intacto. O processo de radiomarcação com 99mTc demonstrou alta eficácia e estabilidade em 98% de rendimento ao longo de um período de 8 horas de estabilidade. Os ensaios de mutagenicidade foram realizados utilizando Salmonela estirpes padrão entomic Typhimurium serovar TA98, TA100 e TA102. Ensaios de citotoxicidade foram realizados usando WST-1. Os ensaios de avaliação transplacentária foram realizados utilizando o modelo in vivo com ratos em dois períodos: estágio embrionário e fetal. Os resultados de ambas as análises corroboram que as nanopartículas podem i) gerar danos no DNA; ii) gerar potencial citotóxico e iii) atravessar a barreira transplacentária em ambas as fases e bioacumular em embriões e fetos. Os resultados sugerem que avaliações devem ser realizadas para atestar a segurança, eficácia e qualidade das nanopartículas antes da aprovação irrestrita de seu uso.
Abstract: Whether in the cosmetic or as therapeutic, the use of nanoparticles has been increasing and taking on global proportion. However, there are few studies about the physical potential of long-term use or use in special conditions such as chronic, AIDS, pregnant women and other special health circumstances. In this context, the study of the mutagenicity and the transplacental passage represents an important and reliable model for the primary evaluation of potential health risks, especially maternal and child health. In this study, we performed mutagenicity, cytotoxic and transplacental evaluation of magnetic core mesoporous silica nanoparticles, radiolabeled with 99mTc for determination of toxicogenic and embryonic/ fetuses potential risk in animal model. Magnetic core mesoporous silica nanoparticles were produced and characterized by obtaining nanoparticles with a size of (58.9 ± 8.1 nm) in spherical shape and with intact magnetic core. The 99m Tc radiolabeling process demonstrated high efficacy and stability in 98% yield over a period of 8 hours of stability. Mutagenicity assays were performed using Salmonella enteric serovar Typhimurium standard strains TA98, TA100 and TA102. Cytotoxicity assays were performed using WST-1. The transplacental evaluation assays were performed using the in vivo model with rats in two periods: embryonic and fetal stage. The results of both analyzes corroborate that the nanoparticles can i) generate DNA damage; ii) generate cytotoxic potential and iii) cross the transplantation barrier in both stages and bioaccumulates in both embryos and fetuses. The results suggest that complementary evaluations should be conducted in order to attest safety, efficacy and quality of nanoparticles before unrestricted approval of their use.
Palavras-chave: Nanopartículas
Barreira transplacentária
Citotoxicidade
Gravidez
Sílica mesoporosa
Tecnécio-99m
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Instituto de Engenharia Nuclear
Sigla da Instituição: IEN
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Engenharia Nuclear
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-graduação em Ciências e Tecnologias Nucleares
Tipo de Acesso: openAccess
URI: http://carpedien.ien.gov.br:8080/handle/ien/2786
Data do documento: Feb-2019
Appears in Collections:Dissertações do PPGIEN



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.