Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://carpedien.ien.gov.br:8080/handle/ien/853
Tipo: doctoralThesis
Título: Integração semântica de publicações científicas e dados de pesquisa: proposta de modelo de publicação ampliada para a área de ciências nucleares
Autor(es): SALES, Luana Farias
Primeiro Orientador: SOUZA, Rosali Fernandez de
Resumo: Esta pesquisa se desenrola sob as condições de um paradigma científico emergente, conhecido como e-Science ou 4º Paradigma Científico. Essa nova forma de fazer ciência se distingue pelo uso intensivo de redes de computadores, repositórios digitais distribuídos e pela geração extraordinária de dados de pesquisa, que é uma consequência do uso determinante de tecnologias de informação e de simulação por software do avanço da instrumentação científica. O ambiente informacional que se configura como consequência dessas transformações impacta sensivelmente os padrões de comunicação científica, principalmente no que tange às pesquisas cooperativas, ao compartilhamento e reuso de recursos informacionais e às formas de comunicar e de disseminar os resultados de pesquisa. Para contextualizar o seu campo de estudo, a tese contribui para delinear conceitos novos e renovados para a Ciência da Informação como e-Science, curadoria de dados de pesquisa, objetos digitais complexos, repositório de dados, CRIS (Current Research Information System) e outras infraestruturas essenciais para a gestão da pesquisa e das novas concepções de publicações acadêmicas e científicas. A pesquisa esta alicerçada sobre duas premissas: a primeira levanta a necessidade de um modelo de publicação científica que possa expressar e refletir o novo padrão de geração de conhecimento científico rico em dados, sendo capaz de integrar esses dados às publicações; a segunda preconiza que isso possa ser realizado segundo as possibilidades tecnológicas e os padrões decorrentes da Web Semântica. Essas duas premissas corporificam a formulação da hipótese colocada pela presente tese: uma publicação científica pode ser enriquecida e estar mais próxima às novas formas de geração de conhecimento da ciência contemporânea se estiver configurada segundo um modelo que vincule por meio de relações semânticas os dados e conjuntos de dados de pesquisa à publicação convencional. O método utilizado foi o dedutivo, partindo de conceitos gerais da Ciência da Informação aplicados à especificidade das Ciências Nucleares. Isto foi realizado de duas formas: por meio de levantamento bibliográfico, para fins de análise e interpretação qualitativa dos conceitos gerais, e por meio da abordagem de análise de domínio que permitiu analisar empiricamente a área de aplicação específica. Como resultado final obteve-se uma proposta de diretrizes para uma política nacional de curadoria digital e um modelo de publicação científica para a área de Ciências Nucleares, em que os dados são ligados às publicações acadêmicas por meio de relações semânticas sistematizadas em taxonomia construída para esta finalidade. Os modelos gráficos foram utilizados como ferramenta para representar e sintetizar os conceitos resultantes. Como conclusão constata-se: alterações no ciclo da comunicação científica, a possibilidade de construção de um novo modelo de publicação cientifica como padrão relevante para a prática de uma ciência mais aberta e mais colaborativa, e a viabilidade de incorporação dos princípios e das teorias da Biblioteconomia e da Ciência da Informação para a organização do conhecimento técnico-cientifico no mundo da eScience.
Abstract: This research takes place under the conditions of an arising scientific paradigm, known as e-Science or 4th Scientific Paradigm. This new way of doing science is characterized by intensive use of computer networks, distributed digital repositories and by extraordinary generation of research data, which is a consequence of the heavy use of information and simulation technologies and advancing of scientific instrumentation. The information environment that is established as a result of these transformations significantly impacts the patterns of scientific communication, especially regarding to cooperative research, the sharing and reuse of information resources and ways to communicate and to disseminate research results. In order to create a context for their field of study, the thesis contributes to delineate new and renewed concepts for Information Science such as e-Science, curation of research data, complex digital objects, data repository, CRIS (Current Research Information System Model ) and others key infrastructures for the management of research and also of new conceptions of academic and scientific publications. The research is based on two assumptions: first raises the need for a model of scientific publication that would reflect the new standard for generating scientific knowledge characterized by data richness, and being able to integrate these data to publications; the second highlights that this can be performed according to the technological possibilities and standards arising from the Semantic Web. These two assumptions embody the formulation of the hypothesis raised by this thesis: a scientific publication can be enriched and be closer to new ways of generating knowledge, which characterizes contemporary science, if it is configured according to a model that links through semantic relations the research data and datasets to conventional publication. The method adopted was the deductive one, starting from general concepts of Information Science applied to the specificity of Nuclear Sciences. This was accomplished in two ways: through a literature review, for purposes of analysis and qualitative interpretation of the general concepts; and through the domain analysis approach that allowed empirically analyze the particular application area. As a final result was obtained a proposal of guidelines for a national policy for digital curation, and a model of scientific publication to the Nuclear Sciences area, in which the research data are linked to the academic publications by means of semantic relations systematized into taxonomy built for this purpose. Graphic models are used as a tool to represent and synthesize the resulting concepts. As a conclusion it is observed: changes in the scholarly communication cycle, the possibility of building a new scientific model as relevant standard to the practice of a more open and more collaborative science, and feasibility of incorporating the principles and theories of librarianship and Information Science for the organization of technical and scientific knowledge in the world of eScience.
Palavras-chave: Publicação Ampliada
Curadoria Digital
Dados de Pesquisa
eScience
Relação Conceitual
CNPq: Ciência da Informação
Engenharia Nuclear
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Instituto de Engenharia Nuclear
Sigla da Instituição: IEN
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
Universidade Federal do Rio de Janeiro
???metadata.dc.publisher.program???: Pós-Graduação em Ciência da Informação
Tipo de Acesso: openAccess
URI: http://hdl.handle.net/ien/853
Data do documento: 23-Jul-2014
Aparece nas coleções:Gestão do Conhecimento Nuclear - Teses e Dissertações dos Servidores do IEN

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LUANA SALES D.pdf6,57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.